sábado, 8 de maio de 2010

Fé em meio à crise- compreendendo Habacuque 3.19

Habacuque diz: "Jeová, o Senhor, é minha força, e fará os meus pés como os das cervas, e me fará andar sobre as minhas alturas."
O cervo é um animal muito veloz, e tem a capacidade de manter a velocidade por longas distâncias e ainda consegue, depois disso, galgar montanhas, andando em terrenos rochosos, íngremes, enfim, ele é forte e destemido e não se deixa abater.

Habacuque fez uma linda comparação quando disse que Deus fazia os seus pés semelhantes aos das cervas. Ele entendia o quanto a dependência de Deus era importante na sua vida, ao ponto de poder passar por todas as dificuldades as quais descreve anteriormente (3. 17,18). Ele compreendia que se fosse com seus próprios pés e com a sua própria força, não conseguiria ir muito longe, poderia até desfalecer e ficar prostrado. Mas afirma que é somente Deus quem lhe fortalecerá e que lhe fará andar sobre as suas alturas. Habacuque, numa visão humana, limitada, tinha todas as razões do mundo para entrega-se, para desistir, tudo estava indo de mau a pior. Ele estava em meioa uma crise nacional, presenciando um momento muito difícil para Judá; as reformas de Josias; o tratamento violento de seus cidadãos; opressão contra o necessitado e a ruína do sistema legal. E além disso, as ameaças do Norte causava ainda mais desordem em Judá. Todo este panorama poderia ter levado Habacuque a desmaiar, desistir de caminhar; mas ele perseverou e pôde, por isso, fortalecer a outros também.

Ouvi uma mensagem ontem à noite, através do Pr. Joelson, que me fez refletir mais sobre a Fé. Realmente muitos tem tido uma noção errada em relação ao que é verdadeiramente ter fé. Quantas vezes pensamos equivocadamente que se realmente tivermos fé, sempre seremos vitoriosos e que no final, tudo sairá como desejamos? É aí que erramos. A Fé é o sentimento que nos liga a Deus de maneira incondicional;. Quem tem verdadeiramente Fé em Deus, recebe Dele a capacidade de manter-se firme, independente daquilo que lhe sobrevenha. Quem tem Fé, está disposto a ir até o fim, sem negá-la, porque não valeria a pena viver sem Deus.

Quantos exemplos temos na Bíblia de pessoas que exerceram a verdadeira Fé; estas pessoas nos mostram que ter fé em Deus, nem sempre é somente triunfar na mesma visão que o mundo entende por triunfar. Na visão secular, você triunfa quando fica rico, quando consegue um bom emprego, quando tem um casamento perfeito, quando é curado de uma doença grave, etc. Mas na visão bíblica, triunfar é, como disse Habacuque "andar sobre as suas alturas", isto é, ir além das suas condições humanas; é ser capacitado por Deus para suportar as dores, e até mesmo para prosseguir até o seu último suspiro neste mundo conseguindo adorar a Deus, incondicionalmente. Porque o verdadeiro adorador é aquele que consegue adorar, mesmo quando tudo vai de mau a pior. Um dos exemplos bíblicos de uma verdadeira Fé é Enoque (Gn 5.23,24) o qual viveu 365 anos e andou com Deus de tal maneira que este o tomou para si, e ninguém mais o viu; imagine o que é perseverar em meio às batalhas da vida e viver em Fé durante 365 anos sendo fiel ao Senhor.( quando muitas vezes não queremos aceitar nem sequer 365 dias numa luta). Outro exemplo para nós é (Jo 1.21,22; 2.10) porque teve a capacidade dada pelo próprio Deus, através da Fé, de ser adorador mesmo em meio ao caos total que se abateu sobre ele e a sua casa; Jó disse com toda a sinceridade do seu coração: "Recebi de Deus todo o bem, porque também não iremos aceitar o mau?" e ainda em meio a todas as perdas disse: "O Senhor o deu, o Senhor o tomou, bendito seja o nome do Senhor".Um outro exemplo são os três jovens Sadraque, Mesaque e Abednego (nomes babilônicos) que demonstraram a sua Fé inabalável, mesmo sob a ameaça de morte por parte do rei Nabucodonosor de lançá-los na fornalha de fogo, quando puderam dizer: "O Deus a quem servimos pode nos livrar da fornalha, mas fica sabendo, ó rei, que mesmo que ele não nos livre, não nos prostraremos diante da tua estátua." ( Dn 3.16-18).

Fé é isto, amados! É estar disposto a ir até o fim sem recuar na confiança posta em Deus e na submissão à sua Soberania. Claro que se Ele quiser nos tirar da prova, Ele tira, se Ele quiser nos fazer prosperar, Ele faz, se Ele quiser nos curar, Ele curará; mas devemos estar com a nossa Fé inabalável NELE. Vejamos o exemplo de Eliseu, um homem de Deus, grandemente usado por Ele; mas que em seus últimos dias experimentou dores até morrer, adoeceu e Deus não quis curá-lo. Mas mesmo assim, não deixou de ser um vencedor. Pedro morreu crucificado de cabeça para baixo, porque até na morte quis glorificar e relembrar aquele em quem estava posta a sua Fé ; não se considerando digno de morrer na mesma posição em que Jesus havia sido crucificado. Ele glorificou a Deus em meio à sua dor, até o fim, mesmo quando para o mundo a sua vitória seria se Jesus o tivesse feito descer da cruz.. E tantos outros exemplos, como o do próprio Habacuque, que para pronunciar estas palavras do nosso texto básico, teria que estar munido de Fé; a Fé que se dispõe a sofrer o dano, as afrontas, a opressão, a humilhação, a oposição do resto do mundo, mas que está disposta a permanecer glorificando a Deus mesmo assim.

Aqueles que vivem uma vida de Fé poderão viver uma vida plena em Deus, a vida abundante que Cristo nos oferece; a qual já começa aqui (Jo 10.10). O Salmista Davi pôde afirmar: "O Senhor é o meu Pastor, e nada me faltará." Ele quis dizer que tudo poderia acontecer, mas o Pastor estaria sempre ali, bem pertinho a guiá-lo a sustentá-lo a refrigerar a sua alma em meio às adversidades. Quando exercemos Fé, podemos dizer como Paulo: "Já aprendi estar contente em qualquer circunstância [...] Tudo posso naquele que me fortalece." (Fp 4.13) porque quando Jesus nos fortalece suplantamos toda adversidade, pois andamos sobre as nossas alturas, como disse Habacuque, o qual também aformou acerca das adversidades que lhe sobrevinham: "Todavia eu me alegrarei no Senhor."(Hc 3.18) Que o Senhor nos faça compreender o que é viver em Fé mesmo em meio à crise, seja qual for a sua origem, seja na área familiar, da saúde ou das finanças.

Saibamos que temos o Deus vivo conosco que nos faz andar sobre as nossas alturas, isto é, nos faz ir muito além do que acreditávamos que poderíamos suportar. Porque se Ele está conosco, nada nos fará falta.

Um comentário:

Fabiana disse...

OLÁ BENÇAO...QUE VOCE CONTINUE NESSE PROPOSITO DE SERVIR AO SENHOR,SE DEIXANDO SER CANAL ABENÇOADOR,BOCA DE DEUS AQUI NA TERRA..NAO EXISTE NADA MAIS GOSTOSO E GRATIFICANTE QUE SERVIR AO PAPAI DO CÉU NAO É MESMO? ESPERO QUE POSSAMOS SER INSTRUMENTOS,E SEMPRE COMPARTILHAR DESSE AMOR TAO PURO E VERDADEIRO,E QUE PREENCHE NOSSA ALMA NOS TRAZENDO REFRIGERIO E PAZ.E DESEJO LEVAR A TODOS OS CORAÇOES FERIDOS E SEDENTOS DO AMOR DE DEUS A VERDADE DA PALAVRA QUE NOS LIBERTA,PURIFICA E NOS FAZ NOVA CRIATURA.QUERO CONVIDAR VOCE PARA CONHECER MEU BLOG,CANTINHO QUE PAPAI DO CEU ME DEU PARA EU EXPRESSAR UM POQUINHO DO MUITO QUE ELE TEM FEITO EM MINHA VIDA,E ESPERO DE TODO MEU CORAÇAO QUE ELE POSSA TE ABENÇOAR,TRAZENDO ALGO NOVO AO SEU CORAÇAO.
JÁ ESTOU SEGUINDO SEU BLOG.

www.jesusarqueeurespiro.blogspot.com

Com carinho..um grande abraço!

Fabiana.