quinta-feira, 11 de março de 2010

Falando sobre a morte à luz das Escrituras- Acidente de trânsito mata cristãos

Pastores presos nas ferragens de acidente louvam à Deus com hinos e levam os bombeiros às làgrimas.

"Preciosa é aos olhos do Senhor a morte dos seus santos."
Salmos 116.15

Os irmãos pertenciam à Igreja Assembleia
de Deus e haviam saído de Alegre- ES




Dois pastores evangélicos e um motociclista morreram num acidente envolvendo sete veículos, na manhã do dia 25/Fevereiro/2010, na Rodovia do Contorno, trecho da BR 101 que liga Serra a Cariacica- ES.

Os religiosos pertenciam à Igreja Assembleia de Deus e haviam saído de Alegre, município da Região Sul do Estado, rumo a uma convenção estadual da igreja em Nova Carapina II, na Serra- ES.

Os veículos - cinco caminhões, uma moto e um automóvel Del Rey - bateram um atrás do outro. O engavetamento aconteceu às 8h15, no quilômetro 277, na Serra. Os pastores estavam no carro.

Tudo começou quando um caminhão freou por causa do intenso fluxo de carros no sentido Cariacica - Serra. Os veículos que vinham atrás dele frearam também, mas o último caminhão - de uma empresa de cerveja - não conseguiu parar a tempo. Com isso, os veículos que estavam à frente foram imprensados uns contra os outros.

Os pastores José Valadão de Souza e Nelson Palmeira dos Santos e o motociclista Jonas Pereira da Silva, 52 anos, morreram no local. Dois outros pastores, que também estavam no Del Rey, sobreviveram, e o motorista de um dos caminhões sofreu arranhões nas pernas. Nenhum dos outros caminhoneiros ficou ferido.

O proprietário e condutor do Del Rey é o pastor Dimas Cypriano, 61 anos, do município de Alegre. Ele saiu ileso do acidente e teve ajuda do motorista José Carlos Roberto, carona de um dos caminhões, para sair do veículo.

Seu amigo de infância, o pastor Benedito Bispo, 72, ficou preso às ferragens. Socorristas do Serviço Médico de Atendimento de Urgência (Samu) e bombeiros fizeram o resgate dele. O pastor teve politraumatismo e foi levado para o Hospital Dório Silva, na Serra.

A mulher de Benedito chegou a ver o marido sendo socorrido e teve que ser amparada por um familiar. Ela também seguia para a convenção num outro veículo. A rodovia ficou interditada durante vários momentos da manhã de ontem nos dois sentidos. O trecho só foi totalmente liberado no início da tarde.

O pastor Dimas Cypriano, que sobreviveu ileso ao acidente na manhã de ontem, no Contorno, contou que usava cinto de segurança e que ficou preso ao tentar sair. Ele dirigia o Del Rey e disse que precisou de ajuda para sair do carro. Mas depois continuou no local, acompanhando os trabalhos de resgate do colega, Benedito Bispo. Nas mãos, levava uma Bíblia que ficou suja de sangue. Mas isso não impediu que o pastor orasse durante o socorro.

O mais comovente do triste episódio, foi o relato dado por 2 pastores sobrevivente, e pelos bombeiros que tentavam tirar os pastores ainda com vida, que estavam presos nas ferragens.

As testemunhas citadas acima, contam que os pastores Nelson Palmeiras e João Valadão, ainda com vida e presos nas ferragens, em meio a um mar de sangue que os envolvia, começaram a cantar o Hino 187 da harpa cristã:

Mais perto
Quero estar meu Deus de ti!
Ainda que seja a dor
Que me una a ti,
Sempre hei de suplicar
Mais perto
Quero estar meu Deus de ti!

Andando triste
Aqui na solidão
Paz e descanso
A mim teus braços dão
Nas trevas vou sonhar
Mais perto
Quero estar meu Deus de ti!

Minh'alma cantará a ti Senhor!
E em Betel alçará padrão de
Amor,
Eu sempre hei de rogar
Mais perto
Quero estar meu Deus de ti!

E quando Cristo,
Enfim, me vier chamar,
Nos céus, com serafins irei
Morar
Então me alegrarei
Perto de ti, meu Rei, meu Rei,
Meu Deus de ti!

Aos poucos suas vozes foram silenciando-se para sempre.

As lágrimas tomaram conta dos bombeiros, acostumados a resgatar pessoas em acidentes graves, porem jamais viram alguem morrer cantando um hino; como foi o caso dos pastores Nelson Palmeiras e João Valadão .

Fonte:
Jornal A Hora On Line


Refletindo sobre a Morte à luz das Escrituras:

O que posso concluir diante deste fato é que, não importa como tenha sido a morte do justo, ela é preciosa para Deus. Pois o Apóstolo Paulo afirma na 2ª Carta aos Coríntios 5.1,6 e 8 que "Se a nossa casa terrestre se desfizer, temos de Deus um edifício, uma casa não feita por mãos, eterna nos céus(...)Pelo que estamos sempre de bom ânimo, sabendo que, enquanto estamos no corpo, vivemos ausentes do Senhor (...) Mas temos confiança e desejamos, antes, deixar este corpo, para habitar com o Senhor."
Alguns ficam a questionar o por quê de um justo morrer de doenças fatais ou de acidentes como este; mas eu entendo, à luz das Escrituras que, enquanto estivermos neste corpo carnal, embora já justificados por Deus pelo novo nascimento em Cristo, estamos, todavia, em consequência do pecado, sujeitos a tudo quanto diz respeito a esta carne pecaminosa (Gênesis 3. 19 parte C), como: doenças, acidentes leves ou fatais, e até mesmo homicídios.
Mesmo que aquele que morre não tenha feito nada para provocar a sua própria morte, isto é, mesmo que não tenha havido imprudência da sua parte em relação à causa da sua morte, temos a consciência de que estamos no mundo e convivemos com todo tipo de pessoas: Existem pessoas íntegras,zelozas, cumpridoras do seu deveres enquanto cidadãos; mas também existem outras que estão totalmente entregues ao pecado, distantes de Deus e, por isso, bebem, roubam, assaltam e matam até mesmo cristãos fiéis a Deus. Ou ainda dirigem bêbados ou mesmo sem estar sob efeito de bebidas alcoólicas, são super imprudentes ao volante e saem causando acidentes no trânsito, que quase sempre resultam em mortes, até mesmo de cristãos, como já disse. Estas pessoas que causam estes desastres precisam, (se escaparem ainda com vida) ter seu caráter restaurado por Deus, para que o seu comportamento na sociedade passe a ser exemplar em tudo.
Louvo a Deus pelo testemunho que nos deixaram estes nossos irmãos em seus últimos minutos de vida. Me ponho a imaginar, quantas vezes nós deixamos de entoar louvores a Deus em nossas Igrejas ou mesmo dentro de nossas casas, apenas porque algo não saiu como nós queríamos, somente porque estamos com alguma enfermidade, ou porque fomos assaltados na rua com o risco de até mesmo morrer; quantas vezes nos calamos quanto à exaltação ao nosso Deus, ao culto constante que devemos oferecer ao nosso criador e Salvador?
Devemos entender que mesmo quando tudo não vai bem Deus continua sendo Deus, continua sendo digno do nosso louvor e adoração. Estes irmãos nos mostraram isso quando louvaram ao Senhor enquanto tinham um encontro com a morte. Penso também na Igreja Perseguida: Quantos de nossos irmãos tem sido mortos por causa do nome de Jesus, e muitos deles, louvando ao Senhor até o seu último respirar?
Irmãos, precisamos aprender a ter um coração adorador, independente do momento difícil que estivermos vivendo. Jó perdeu tudo, mas a sua atitude foi se prostrar e adorar ao Senhor. Paulo e Silas ali na prisão, mesmo após terem sido açoitados, mesmo com o corpo cheio de ematomas, permaneceram com o seu coração inclinado à adorar, a elevar a sua adoração através da Oração e do Louvor ao Deus Soberano, que Reina sim, mesmo quando aos nossos olhos parece que as coisas perderam o controle.
Nossos irmãos que morreram neste acidente, dormiram no Senhor, porque haviam, enquanto vivos, dedicado as suas vidas ao Senhor Jesus Cristo, nasceram de novo, por isso partiram tão felizes para os braços de Deus.
Oremos pelos familiares destes irmãos, para que o Senhor esteja consolando os seus corações até que nos encontremos naquele dia, na glória dos céus.
Agora deixo uma pergunta para aqueles que ainda não entregaram o seu coração a Jesus para que Ele faça morada eterna: Se você for dormir hoje, e não abrir mais os seus olhos para este mundo, ou se sair de casa e não conseguir voltar mais,interrompido por fatos semelhantes a este que envolveu estes nossos irmãos; para onde você vai na eternidade? Você vai ter a convicção de cantar que mais perto vai estar de Deus?

Pense nisso!

4 comentários:

osenir disse...

paz do senhor!!!dia 01/04/2010 perdi minha mum acidente minha filha+3 parentes:só o amor de Deus que estou suplicando pelo conforto!!!!Orem a Deus por mim !!!pelo amor de Deus!!!

Ana Chagas disse...

Osenir, entendo como você deve estar sofrendo. Mas como eu falei acima, Deus é Soberano e a nossa vida está nas mãos Dele. Estou orando por você para que o Senhor venha confortar o seu coração, pois sabemos que não é fácil a dor da perda. Gostaria de deixar uma sugestão de leitura para o seu fortalecimento em Deus: em 1º lugar, leia bastante a Bíblia Sagrada, os Salmos 23 , 46 e outros aos quais o Senhor for lhe direcionando. Leia também estes artigos dos meus Blogs: http://conectadonabiblia.blogspot.com/2010/05/fe-em-meio-as-crises-compreendendo.html
e
http://conectadonabiblia.blogspot.com/2009/07/por-que-deus-ainda-permite-acao-do.html

Que Deus seja contigo hoje e sempre! Um abraço!

Anônimo disse...

Olá apaz do senhor.
perdi meu esposo em acidente de carro ore por mim e pelo meu filho q estamos sofrendo a perda.

Ana Chagas disse...

Olá,não sei quem é você, pois postou como anônima, porém, quero te dizer uma coisa,Deus te conhece e sabe exatamente o tamanho da tua dor e da dor do teu filho.Ele coloca o bálsamo sobre o coração de vocês, e os coloca nos seus braços carinhosos e amparadores.Que Ele vos console,minha irmã, em Nome de Jesus!
Um abraço para vocês e para os demais familiares enlutados.