quinta-feira, 24 de dezembro de 2009

Natal- Como vai ser o seu?

Muitos estão correndo freneticamente pelo centro comercial das grandes e pequenas cidades em busca do melhor presente para aquelas pessoas que lhe são mais chegadas. Outras estão gastando rios de dinheiro em decorações sofisticadas que chamem a atenção de todos aqueles que passarem por suas casas ou pontos comerciais. Outros estão, ainda, asoberbadas com os preparativos para a grande ceia de Natal, pois querem que nada falte nesta noite tão especial, afinal, economizaram bastante para que agora pudessem se dar ao luxo de gastar mais um pouquinho. Não podemos também esquecer das correrias nas lojas e costureiras para que pudessem passar o Natal de roupa e calçados novos, os melhores possíveis, e às vezes até impossíveis, nada que um cartão de crédito não resolva. Mesmo que depois a coisa fique preta. Outros economizaram por meses a fio, para que nesta data possa reunir os amigos e poder oferecer-lhes as melhores bebidas alcoólicas. O Natal de muitas destas pessoas se resume tão somente nestes gastos e eventos sociais.

Se formos fazer uma investigação mais minuciosa acerca da comemoração do Natal e de toda a simbologia que envolve esta data; veremos que por causa das tradições, a maioria das pessoas se desviou do verdadeiro sentido do Natal. No final desta postagem há alguns links que você mesmo poderá clicar,visitar e constatar sobre o que estou falando. Faça isso. Dentre estas informações há uma que muito me chamou a atenção: Atribui-se ao "Papai Noel"características que pertencem exclusivamente a Deus, como a Onisciência (conhece o pedido de cada criança), a Onipotência (pode atender a qualquer pedido) e a Onipresença (pode entrar em todas as chaminés ao mesmo tempo); sendo confirmado, então, um escánio contra o próprio Deus.
Vemos ainda alguns programas humorísticos mostrando uma imagem de Natal totalmente deturpada, onde a pessoa de Jesus é transformada numa mera lenda, num mero personagem de estórias, onde é até mesmo escarnecido. E não apenas nestes programas, mas nessa forma totalmente alienada que tem sido comemorado por tanta gente.
O que eu lamento aqui, é justamente essa falta de sentido que o Natal tem tido na cabeça dessas pessoas. Vivem estes momentos de glamour, de ostentação, de festas; árvores, luzes,presentes, mas na verdade, estão alienados do verdadeiro sentido desta data tão importante.E quando amanhece o outro dia, tudo volta ao normal, simplesmente se festejou muito..., mas... festejou-se o que mesmo?

Comemorou-se um Natal onde Jesus não é o centro, e sim o próprio Ego, a própria satisfação pessoal tem sido o objetivo, a auto-afirmação diante de si mesmo e diante de uma sociedade onde vale mais quem tem mais a oferecer. Jesus só é lembrado na hora da Oração, como um minuto de silêncio oferecido em homenagem a alguém; depois que acaba o minuto, todos voltam às suas atividades normais.

A grande pergunta é: Como vai ser o seu Natal?

Desejo que você possa viver o verdadeiro Natal, o qual deve ser lembrado não apenas numa data (25 de Dezembro no calendário Romano), mas deve ser vivido e celebrado sempre em nossos corações.

Se as pessoas entendessem em que implica o fato de Jesus o Filho do Deus vivo ter deixado a sua glória e ter vindo a este mundo contaminado pelo pecado e rebeldia do homem; para dar a sua vida por essa humanidade que somente vive para si mesma, e não se volta para Deus. Se entendessem o valor do seu suficiente sacrifício lá na cruz, o valor do seu sangue puro, sem pecado, derramado em nosso favor; com certeza viveríam o verdadeiro Natal, viveriam uma vida diferente, regida pela vontade de Deus, e não mais pela sua própria vontade.E, somente depois disso, conhecendo o verdadeiro Natal, poderíam até realizar um jantar,confraternizações, etc. Mas tudo isso seria apenas consequência de um "Feliz Natal"; cheio de gratidão ao Senhor por ter nos dado, mesmo não sendo nós merecedores, esta tão grande salvação.
Pessoas que conhecem verdadeiramente a Jesus- o verdadeiro sentido do Natal,vivem de forma diferente, não apenas nesta data, mas durante todo o tempo das suas vidas. Não desperdiçam comida enquanto tantos passam fome, catando no lixo alguma coisa para comer;não vão para as orgias e, por isso, não experimentam o grande vazio no bolso e na alma, que é o que vem depois; etc. Mas são pessoas preocupadas em fazer valer o NATAL em suas vidas, sendo autênticos cristãos, celebrando ao Senhor com o seu viver.

Conhecendo mais sobre o significado da vinda de Jesus ao mundo, eu te pergunto: "Como vai ser, então, o seu Natal a partir de hoje?"



Links sobre o significado da simbologia do Natal. Visite:

O Natal
A Origem do Natal
A origem do Papai Noel
A essência do Natal X A manipulação do mercado
É Natal- Celebremos a Jesus!

Nenhum comentário: