sexta-feira, 4 de dezembro de 2009

As pulseiras do sexo- Um alerta aos pais


Prestem atenção no que os seus filhos levam na bolsa ou no pulso!

Alguns textos acerca dos fatos e acerca de qual deve ser a nossa atitude como cristãos diante deles: Efésios 5.10-17; I Jo 5.19; Mt 5.13-14

A cada dia surgem novas "febres", tendências, muitas vezes copiadas dos Países de primeiro mundo, os quais, qur queira quer não, ditam a moida no mundo inteiro. Porém, em meio a estes modismos, também tem sido disseminadas idéias, acessórios e práticas de inspiração maligna, que vem para deteriorar cada vez mais o mundo, especialmente os jovens e até mesmo as crianças. Já vemos as drogas tomando dimensões incontroláveis, está formado um contexto onde até crianças estão dependentes de drogas, traficando, quer como "aviões" ou até mesmo liderando gangues. E agora, nossos jovens e crianças estão sendo estimulados a precocimente se entregarem à práticas que são abominação diante de Deus. Tudo tem o seu tempo, mas agora, a idéia é esta: todos e de todas as idades podem fazer. O sexo é uma bênção de Deus para o homem, porém, ele é abençoado quando praticado dentro do casamento, por amor, e não de forma desordenada e deturpada, como tem sido hoje em dia.
Para entender melhor isto que acabei de afirmar, LEIA: Sexo é pecado?

Nós cristãos cremos e aguardamos a vinda de Jesus, o qual efetuará o desfecho da nossa redenção e de uma vez por todas esmagará a cabeça da serpente (o Diabo) e o lançará juntamente com os seus demônios no lago de fogo e enxofre para sempre. Porém, enquanto Ele não vem, convém que realizemos a sua obra aqui na terra. O mundo jaz no maligno. E é dever nosso, como igreja do Senhor, tomarmos uma posição diante das artimanhas que o diabo tem utilizado para conduzir os jovens e crianças ao inferno. Precisamos buscar estes jovens, estas crianças, que estão aí, tão suscetíveis ao engano do pecado.

Tenho consciência da responsabilidade que pesa sobre a minha vida como cristã, e sobre a Igreja, por isso, fiquei preocupada ao assistir a matéria na TV e ao ler tantos artigos acerca dessa chamada "nova febre" entre os jovens. Trata-se de pulseiras de material siliconado coloridas, as quais não são meros acessórios usados para combinar com cada roupa. Não. Trata-se de um código utilizado por eles para dizer uns aos outros aquilo que está disposta a praticar com qualquer um que arrebente a pulseira que está a usar. E para nossos jovens e crianças terem contato com estas práticas, não é necessário estarem numa rave, na noitada; eis aí o alerta: Mesmo dentro das escolas, em qualquer lugar estas práticas de prostituição estão sendo difundidas. Digo "prostituição" pelo fato de que, dependendo da cor que elas usam, estão dando o "sinal" de que estão "a fim", de que estão "à disposição", e a senha para conseguir, é arrebentar a pulseira ou "as pulseiras".
Observe estes trechos de artigos que andei lendo sobre a relação cores X práticas, que vão desde um abraço (que é o menos malicioso, dependendo do abraço)até o sexo propriamente dito:

Significado das cores:

» Amarela – é a melhor porque significa das um abraço no rapaz;

» Laranja – significa uma “dentadinha do amor”;

» Roxa – já dá direito a um beijo com língua;

» Cor-de-rosa – a menina tem de lhe mostrar o peito;

» Vermelha – tem de lhe fazer uma lap dance;

» Azul – fazer sexo oral praticado pela menina;

» Verde – são as dos chupões no pescoço;

» Preta – significa fazer sexo com o rapaz que arrebentar a pulseira;

» Dourada – fazer todos citados acima;

Símbolo de respeito

Como quase em tudo nestas idades, existe um estigma por detrás das pulseiras: quem não as usar é excluído e quem usar as cores preto e dourado é mais respeitado. “No meu grupo da escola, a líder – que serve de exemplo para todos – só usa pulseiras pretas e douradas. Todos os rapazes da minha turma usam pretas e se uma rapariga também usa, eles gostam todos dela”, conta a criança de 12 anos.
Shannel Johnson, de 32 anos, descobriu através da filha, de oito, o significado das pulseiras e admitiu ao The Sun que nunca suspeitaria do código subjacente. Quando a filha Harleigh lhe disse que se alguma rebentasse, tinha de fazer um “bebe com um rapaz”, Shannel teve uma conversa com a filha, chamando-a à realidade.
Esta mãe, preocupada, começou a pesquisar na Internet e descobriu sites onde se vendiam as pulseiras, grupos no Facebook e fóruns de menores a discutir quem usava que cores. Enquanto alguns pais já confiscaram as pulseiras, muitos continuam na ignorância do significado destes acessórios aparentemente da moda.
Preste muita atenção, estas pulseiras já chegaram ao Brasil!

Fonte deste trecho do artigo: http://www.igrejaemsaovicente.com.br/noticia.asp?codigo=1441&COD_MENU=117


Atenção: A pulseira roxa também serve para identificar lésbicas. Confira.
Fonte:www.acores.com/?page=art_det&ida=2266


O que ainda tenho a dizer:

Sabemos que nestes novos tempos , a tecnologia facilita muito a divulgação, tanto de coisas proveitosas, quanto de coisas maléficas, e esta "moda" está pegando bem aqui, pertinho de nós. Deixo aqui um alerta a todos os pais e mães: Observem melhor os seus filhos e filhas: Com quem andam, o que usam, o que levam na bolsa; desde a mais inofensiva "pulseira". É melhor prevenir, aconselhar, disciplinar enquanto é cedo, para depois não estarmos chorando e colocando a culpa em todos, menos em nós mesmos. Sendo vocês cristãos ou não cristãos, lembrem-se: Só há dois caminhos: O céu ou o inferno; só há duas opções: Amar e obedecer a Deus ou entregar-se à vontade de Satanás. Ou procuramos urgentemente levar os nossos filhos ao conhecimento de Deus, ou eles estarão fadados a serem facilmente levados para o abismo.

A Bíblia diz em Provérbios 23.13-14; e no cap. 22.6 que não devemos retirar da criança a disciplina, pois a disciplinando poderemos livrar a sua alma do inferno, e diz ainda que quando ensinamos a criança o caminho em que deve andar, mesmo quando for velha, não se desviará dele. A criança poderá até mesmo ceder aos apelos do pecado em alguma ocasião, mas com certeza, ela voltará arrependida e buscará de novo ter communhão com Deus, pois a semente da SUA Palavra estará plantada no seu coração.

Deus nos diz: "Eis que diante de vós coloco a vida e a morte; escolhas a vida, para que vivas, tu e a tua descendência." (Deuteronômio 30.19).

Cada um dará conta da sua própria vida diante de Deus, no entanto, nós, os pais, temos diante de Deus a responsabilidade de criá-los no caminho da retidão; enquanto são pequenas. Este é o momento de começarmos, nunca deixe para depois ou para a Escola educá-los sozinha; pois esta responsabilidade é da família. E mesmo lá dentro dos muros da Escola nossos filhos estão sendo alvo destes assédios através de falsas amizades, e não há como supervisionar algo que toma tão grandes proporções.

A solução é: Ensinemos aos nossos filhos em casa e, aliado a este cuidado, oremos, oremos muito por eles; pois "o diabo vive em nosso derredor, rugindo como um leão, buscando a quem possa tragar."( I Pe 5.8)

2 comentários:

erica-jovemcristo disse...

A paz do Senhor minha irmã,muito bom seu post alertando os pais de adolescentes sobre essa nova "modinha" que tá pegando por aí.Eu particularmente achei um absurdo quando soube da existencia de tal coisa.Essa é mais uma das armadilhas de nosso inimigo para atrair os jovens e adolescentes.
Fica na paz!

Ana Chagas disse...

Érica, muito bom o seu comentário. Fico feliz pela sua visita, volte sempre. Também visitei o seu Blog e gostei muito.
Deus continue te abençoando.

Um abraço!